terça-feira, 22 de junho de 2010

Capítulo VXIII - I'm back


Cof cof cof....puxa vida, como esse lugar esta as traças e largado ao pó. Se compara a sala de aula em jogo da copa do mundo. A diferença que copa do mundo é bem melhor que este blog. Palavra de pessoa que odeia futebol gente.

Antes da morte de hoje, alguns esclarecimentos: Estou sem internet. Quer dizer, eu tenho internet, mas ela não funciona. Pelo menos quando eu sento na frente do computador ela para de funcionar. Por isso a demora nas postagens, e também é o porquê de eu não estar comentando e nem visitando os blogs de vocês leitores desta lambreca chamada mateseuprofessor.

Enfim, voltando ao post de hoje....O assunto é a morte de um professor qualquer...puxa vida, minha inspiração anda pior do que sertão em época de seca. Em algum lugar desta cabeça falta alguma coisa!
Juro que estou a tentar dar o meu melhor. Ah, e como o Título já mostra, eu voltei para botar o terror, e não se abalem caros alunos, as mortes de seus professores serão tão dolorosas como antes.

Chega de lorotas inúteis...o professor morto de hoje é o de geografia. Se bem que eu nem odeio tanto assim meus professores de geografia. Só a parte de solo que é um pouco chata, e acho que por isso a morte de hoje tem qualquer coisa a ver com essa matéria. Não que eu preste atenção na aula....seria um pecado ou até milagre tal façanha.
O importante é matar o professor, seja ele de história, matemática ou geografia...por isso vamos ao desenho:

-Em um belo dia de outono, as vésperas de um feriadão, o então animado professor de geografia leva os alunos para uma aula ao ar livre. O professor, na sua humildade, acha que seus alunos o amam e nem imagina o que o espera. Após toda a turma quietar-se, começa a explicação do professor sobre tais fenômenos naturais, naturalmente nenhum dos alunos se interessa pelo assunto, para eles fenômenos naturais se resumem a tirar notas vermelhas e ser expulso da aula. Blá blá blá...por uma distração, um aplicado aluno que esta bem próximo do professor para ouvi-lo melhor, sem nenhuma intenção maldosa, esbarra no pobre educador que cai em cheio dentro da então voçoroca (buraco), não feito de propósito por nenhum aluno que matava aula, um dia antes da visita. [in]felizmente a aula teve que ser adiada. Imediatamente é orientado que tampe o buraco para não ocorrer mais acidentes. O mesmo aluno aplicado, que esbarrou no professor, se candidata para o serviço. Opss...como o aluno estava bastante chocado com a morte do professor, nem se lembra de retirar os restos mortais do infeliz, e tampa o buraco com coitado ainda a tentar pedir ajuda. Fim!

Rês ex-tudiosos leitores....não se abalem. Também matarei seus professores de exatas!

Obrigado pela saborosa leitura.

Jogueseuprofessor.emumavoçoroca.comigo.br

9 comentários:

  1. hahahah
    da hr
    passa la

    http://publicandobr.blogspot.com/2010/06/perfomance-historica-em-cannes.html

    ResponderExcluir
  2. Oi, gostei muito do seu blog \o e já estou seguindo...

    visita o meu também? :)
    http://www.kdocafe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu sou protótipo, algumas coisas não mudam.

    http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. ESTOU AQUI DE NOVO, PARA DIZER QUE O BLOG ESTÁ ATUALIZADO HEIN... VISITA?

    http://www.kdocafe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Caraca, é muito criativo seu blog. Texto incrível, e as observações antes do "texto" em si, estão simplesmente sensacionais... Muito bom...kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. uhauhahua...

    muito criativa , hehe'

    adoreii seu blog !

    ResponderExcluir
  7. Que talento...haha..muito bom mesmo...go ahead...

    Seguindo....!

    ResponderExcluir